17 de mar de 2013

Banco do Brasil lança publicidade para casais gays


Banco do Brasil lança publicidade com e para casais gays


Por Portal UJS
Nos últimos dias, a eleição do pastor homofóbico Marco Feliciano (PSC) à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) tem gerado inúmeros protestos da comunidade LGBT, dos movimentos sociais e da própria sociedade civil.

Indignação à parte, estes mesmos grupos que repudiam a posse de Feliciano, agora parabenizam a iniciativa do Banco do Brasil que, na última segunda (11), veiculou, em sua rede social uma campanha publicitária explicitamente voltada para os casais homossexuais, defendendo a igualdade de direitos deles.
A campanha remete ao financiamento da casa própria, que no caso, o Banco concede a todos os casais, independente se são heterossexuais ou homossexuais. Se tratando de casais gays, o banco já concede o financiamento imobiliário desde agosto de 2010, contudo, é a primeira vez que a propaganda é veiculada
No perfil oficial, o Banco escreveu a chamada para a peça publicitária: “Financiamento Imobiliário para pessoas do mesmo sexo: no Banco do Brasil você pode.”, e a seguir, a imagem de um casal homossexual, com a mensagem “Todo casal tem direito à casa própria”.
A iniciativa do Banco recebeu inúmeros elogios dos internautas. Muitos expressaram que, mais importante que o lucro financeiro do banco, é a inclusão social, e reconhecimento dos direitos igualitário, proporcionados com o gesto, como relata o gerente técnico Edson Pilatti, na página do Banco:
“Uns podem dizer que o que vale para um Banco capitalista, mesmo que estatal – são operações de interesse comercial. No entanto, avançar no crédito para casa própria não é apenas uma operação para ganhar mais dinheiro. Mas a questão aqui é a legitimação do direito de financiamento para casais do mesmo sexo por um banco estatal. O estado buscando avançar nas suas práticas! Isso é muito positivo!”.
Outro comentário, feito pelo jovem Marcos Carvalho, dá um recado aos heterossexuais, que criticaram a campanha, porém desconhecem a realidade a qual os gays são submetidos dia a dia.
“É uma coisa tão pequenina, só um anúncio de banco que mostra duas pessoas de mesmo sexo. Heterossexuais, vocês têm noção do que isso significa para um homossexual que nunca se vê representado em lugar nenhum a não ser em chacotas televisivas? O que é só uma imagem banal, um casal, para muitos, para mim significa tanto que nem sei expressar.”, ponderou Carvalho.
Embora ainda haja muitas pessoas que criticam atitudes como essa, o Banco do Brasil recebeu inúmeros elogios, mensagens de “Parabéns, BB” e reconhecimento pela iniciativa.
“Iniciativas como essas que transformam a vida de pessoas para sempre, felicidade, carinho e compaixão todo ser humano merece ter seu lar. Parabéns, BB”, comentou o internauta Luiz Moreira. 
A UJS também aplaude a atitude do Banco do Brasil e se soma aos internautas, no coro de “Parabéns, BB”!
Postar um comentário