18 de set de 2015

Alemanha à beira do caos social

Bombeiros observam os estragos ao telhado do 
centro de refugiados em Troglitz, na Alemanha
Foto FABRIZIO BENSCH / Fabrizio Bensch/REUTERS
Com a chegada dos refugiados sírios a Alemanha está à beira do caos social

De Wiesbaden - Alemanha
Elizabete Pfeiffer 
Para o Blog do Arretadinho

Com a chegada de milhares de refugiados sírios na Alemanha, o governo foi obrigado a tomar medidas protetivas para essas pessoas, o problema é que o governo está fazendo uma dívida para a população alemã pagar.

Segundo dados oficiais, cerca de 60% da população alemã não tem casa própria, moram em casas e apartamentos alugados e o preço dos aluguéis é altíssimo. Para abrigar os refugiados o governo de Merkel está pagando o triplo do valor dos aluguéis para os proprietários de imóveis que abrigarem os refugiados, fato que está provocando grande revolta na população que trabalha e paga impostos.

Outro fato que tem deixado os cidadãos do país insatisfeitos é que o governo está abrigando famílias de refugiados em ginásios de esporte, impedindo que, principalmente os jovens, pratiquem qualquer tipo de esporte, o que chega a ser praticamente um tapa na cara da população, visto que a prática esportiva é uma das coisas mais valorizadas no país.

O pior de tudo é que, se as pessoas se manifestarem contrárias, são taxadas de nazistas ou de estarem praticando xenofobia. A grande maioria da população não é contra o país acolher os refugiados, mas as pessoas sentem-se penalizadas com as recentes medidas protetivas, adotadas pelo governo alemão, para os refugiados sírios.

Protestos violentos estão aumentando a cada dia no país, embora ainda sejam em menor quantidade do que os protestos pacíficos, como inúmeros casos em que grupos radicais alemães estão incendiando as casas onde os refugiados estão residindo.

O governo de Angela Merkel já autorizou a construção de milhares de casas populares que serão distribuídas aos refugiados gratuitamente, enquanto a população não tem acesso a programas para a aquisição da casa própria, sendo obrigados a pagar aluguéis altíssimos.

Toda essa situação foi criada pela Europa e Estados Unidos, que incentivaram, treinaram e armaram os grupos terroristas para derrubar o governo de Bashar al-Assad, como não conseguiram derrubar o governo sírio e a situação está fora de controle, que a população e os trabalhadores alemães paguem essa conta. 
Postar um comentário