10 de mai de 2016

Manifestantes vão ao Senado protestar contra o impeachment

Manifestantes na entrada principal do Senado contra o impeachment. Acima da imagem o grupo favorável à saída da presidenta Dilma. FotoJoaquim Dantas
Manifestantes na entrada principal do Senado contra o impeachment. Acima da imagem o grupo favorável à saída
da presidenta Dilma. FotoJoaquim Dantas
Cerca de 500 manifestantes vão ao Senado protestar contra o impeachment
De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

A decisão do presidente do Senado, Renan Calheiros, em desconsiderar a anulação da seção que admitiu o impedimento da presidenta Dilma e dar continuidade ao processo de impeachment no Senado, levou cerca de 500 manifestantes à entrada principal do Senado para protestar contra a decisão de Renan.

Com palavras de ordem do tipo de "devolve Renan" e "não vai ter golpe, já tem luta", o grupo permaneceu no local das 19h até, aproximadamente, às 22h desta segunda-feira (9), observados pela Polícia Legislativa do Senado, que permaneceu na entrada do prédio para impedir o acesso dos manifestantes e pelo Batalhão de Choque da PMDF que se posicionou no estacionamento da casa.

Um grupo menor, de cerca de 20 pessoas e favorável ao impeachment, permaneceu na parte superior do estacionamento hostilizando o grupo favorável ao governo, entretanto, não foram registradas agressões ou confronto diretos.

Já o deputado federal Valdir Maranhão, PP/MA, que preside a Câmara dos Deputados desde o afastamento de Eduardo Cunha, PMDB/RJ, revogou na madrugada desta terça-feira (10) o ato que anulava a seção a seção do impeachment na Câmara, devido a forte pressão de seu partido, que agora discuta aplixar um processo de expulsão de Maranhão dos quadros do PP.

Confira mais fotos aqui e assista ao vídeo abaixo

Postar um comentário