5 de mai de 2015

O Gama sofre com invasões e o governo se cala

Invasão de becos no Gama
Foto site Gama Livre
A cada dia aumentam as invasões no Gama e o governo ignora tudo

Do Gamar
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

O governo antidemocrático de Rodrigo Rollemberg se omite diante das invasões de áreas públicas no gama que ocorrem de forma acelerada. Uma filial da igreja Sara Nossa Terra que invadiu a entre quadra 13/15 no setor Leste do Gama, está com a obra em fase final, já foi notificada pela Agência de Fiscalização, Agefiz, mas nenhuma atitude concreta foi tomada pelo governo.

O Parque Urbano e Vivencial do Gama foi uma das primeiras áreas públicas a ser invadida na cidade, negociatas de governos anteriores permitiram a construção e ampliação de uma igreja católica, uma igreja evangélica que já foi vendida para a Assembléia de Deus do Gama, comenta-se que por R$ 1 milhão. Uma casa maçônica também instalada no local está construindo um campo de futebol sintético com fins lucrativos, já que os administradores do local pretendem alugar o espaço.

Agora o site Gama Livre denuncia uma nova invasão na Quadra 29 do Setor Leste, beco entre os lotes 83 e 85. Segundo o site a invasão do beco foi promovida por um policial militar que já havia tentado a mesma empreitada em 2013, nas foi impedido graças a resistência dos moradores. O site afirma ainda que o militar murou o local e guardou diversos materiais de construção no beco.

A administração regional, por sua vez, está totalmente engessada, visto que não tem pessoal nem para aparar o mato alto que está engolindo a cidade.

Na imprensa o governo diz que vai impedir novas invasões e derrubar as existentes, mas pelo jeito é mais uma conversa fiada desse governo impopular. A propósito, a derrubada de construções irregulares em áreas públicas deveria começar por uma tal Mansão Rollemberg, que foi erguida no Setor de Mansões Park Way, SMPW, Quadra 26 Conjunto 04, Lote 0. Alguém já viu isso, lote 0?
Localização da Mansão Rollemberg no Park Way. Lote zero?
foto internet

Postar um comentário