31 de jul de 2015

Malásia confirma que destroço é de Boeing 777


Parte de asa encontrada na ilha da Reunião é de avião do mesmo modelo do voo da Malaysia Airlines desaparecido há 16 meses no Oceano Índico. 

Peça é transportada à França para análise.

O Ministério dos Transportes da Malásia afirmou nesta sexta-feira (31/07) que os investigadores estão mais próximos de desvendar o mistério sobre o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines.

O número de série gravado em um destroço de uma aeronave encontrado na ilha francesa de Reunião na última quarta-feira foi confirmado pela Malaysia Airlines como sendo de um Boeing 777, o mesmo modelo do avião desaparecido em 8 de março de 2014 com 239 pessoas a bordo.

"Acredito que estamos mais próximos de resolver o mistério do voo MH370. Isso poderá ser uma prova convincente de que o MH370 caiu no Oceano Índico", afirmou o vice-ministro dos Transportes, Abdul Aziz Kaprawi.

O destroço encontrado na ilha será transportado para Toulouse, na França, para averiguação em uma instalação especial de Defesa utilizada para testes e análises de aeronaves. Investigadores de segurança aérea, inclusive da Boeing, identificaram a parte como sendo um "flaperon" da extremidade da asa de um 777.

Equipes de busca ainda vasculham o litoral da ilha de Reunião em busca de mais destroços.

RC/afp/ap
Postar um comentário