25 de mar de 2016

Chico Buarque explica por que proibiu musical

Chico Buarque explica por que proibiu musical de ator que atacou Lula e Dilma

por Brasil 247

"Qualquer pessoa tem o direito de defender opiniões políticas antagônicas às de Chico Buarque, assim como ele tem o direito de impedir que estas ideias sejam associadas às suas canções", disse o cantor e compositor Chico Buarque, que retirou a autorização para que seus direitos autorais fossem utilizados pelo ator Claudio Botelho; "Foi seguindo este princípio que, durante o governo Médici, o artista protestou contra a utilização de 'A Banda' como fundo musical de uma propaganda do Exército"; num espetáculo recente, Botelho insultou Dilma e Lula e foi vaiado pela plateia, que passou a gritar "Não vai ter golpe"

 O cantor e compositor Chico Buarque de Hollanda divulgou nota em que explica por que retirou a autorização para que o ator Claudio Botelho utilizasse suas canções num musical sobre sua obra. Confira abaixo:

Esta mensagem é para aqueles que tentam classificar de censura o legítimo direito, amparado por lei, de um artista autorizar ou desautorizar o uso de sua obra segundo os seus próprios critérios.

Qualquer pessoa tem o direito de defender opiniões políticas antagônicas às de Chico Buarque, assim como ele tem o direito de impedir que estas ideias sejam associadas às suas canções.

Foi seguindo este princípio que, durante o governo Médici, o artista protestou contra a utilização de “A Banda” como fundo musical de uma propaganda do Exército.


Postar um comentário