6 de abr de 2016

Administração usa estrutura do GDF para enviar convite pessoal

A administração do Gama convida amigos para aniversário da administradora utilizando email público

Do Gama
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Nesta terça-feira (5) recebi da Assessoria de Comunicação Social da Administração Regional do Gama - RA II, um email com um convite para participar de uma celebração de Ação de Graças em face do aniversário da professora Maria Antônia, administradora da cidade, na próxima sexta-feira (8), em frente à sede da administração regional.

Causa estranheza não apenas o local onde se dará o ato religioso, mas também o fato da administração ter utilizado servidores públicos, computadores e o email da administração para enviar os convites, fato este que, na opinião de alguns juristas, pode ser caracterizado como improbidade administrativa, conforme determina a Lei Nº 8.429, de 2 de junho de 1992.

Este fato foi divulgado, também, pelo Fórum Comunitário e de Entidades do Gama que, segundo um dos membros da mesa, vai protocolar a denúncia no Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios, MPDFT, nesta quinta-feira (7). Pode ser que a apresentação da denúncia seja a gota d'água que vá confirmar  o assunto mais comentado da cidade, a saída da administradora do cargo.

Enquanto isso, o mato alto e os buracos tomam conta da cidade, o anfiteatro do Estádio Bezerrão continua interditado aguardando reformas, o Parque Urbano e Vivencia do Gama continua invadido pelas igrejas, o Cine Itapuã continua abandonado e tantas outras mazelas permanecem afligindo a população da cidade que assiste, perplexa, uma gestão pública pífia e notadamente descomprometida com o Gama.

Recentemente um grupo de micro empreendedores montaram uma grande tenda no estacionamento da comercial do setor Norte, em um domingo, onde ofereceram à comunidade vários tipos de serviços a preços módicos enquanto, ao microfone, o nome da administradora era alardeado e recebia todos os créditos da ação. É a velha e carcomida maneira rorizista de fazer política.

Vivemos um momento em que o combate a corrupção é pauta diuturna da grande mídia e das redes sociais, acontece que este tema não se atribui apenas a quem se apropria de valores dos cofres públicos, existem muitas formas de se praticar a corrupção. Se o fato, aniversário da gestora pública, é pessoal, por que não utilizar os meios pessoais para enviar os convites?

Vai vendo...
Postar um comentário