4 de fev de 2017

Moro intima Lula no dia do velório de D. Marisa

Ex-presidente Lula
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
No dia do velório de da esposa, Lula recebe intimação de Moro para depor
De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

A ditadura militar tinha como uma das suas principais armas de "convencimento" para obter informações de quem estava preso, a tortura física.

A ditadura militar foi vencida, mas a tortura permanece até hoje. Os torturadores agora não aplicam mais choques elétricos nos órgãos genitais das pessoas, mais mutilam de uma uma forma muito mais cruel.

No momento em que é obrigado a sentir a dor da perda de sua companheira de mais de 40 anos, o ex-presidente Lula foi submetido à uma dose de tortura psicológica de forma hedionda.

O juizeco de primeira instância, que recebeu treinamento nos porões da agência de espionagem estadunidense CIA, expediu uma intimação para Lula depor no próximo dia 17/2. A informação é da jornalista Mônica Bérgamo, em sua coluna no jornal Folha de São Paulo neste sábado (4).

Numa tentativa de não diminuir a pressão sobre o ex-presidente, talvez com a intenção de dar a ele o mesmo destino da esposa, o juiz da repúbliqueta de Curitiba quer o depoimento de Lula no processo do ex-senador Delcídio do Amaral que afirmou em delação, já desmentida pelo ex-senador ao juiz Moro, que Lula tentou comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Como o tucano, que por acaso é juiz, sabe que não vai encontrar nada que o autorize a prender o ex-presidente, fica claro que a intenção é debilitá-lo física e emocionalmente para uma possível candidatura à presidência ano que vem, porque eles sabem que Lula sairia vitorioso.

Segundo informações da Revista Fórum Lula não foi intimado neste sábado (4), a data do depoimento já havia sido marcada anteriormente.

De qualquer forma, a pressão sobre Lula vai continuar, não tenho dúvidas.

Editado às 17:05h
Postar um comentário