18 de mai de 2015

Deputado diz que eleitores do PT usam drogas

Foto: Deivid Correia
"O cara começa na maconha, passa para cocaína, vai no crack e acaba votando no PT". Essa foi a afirmação de Luiz Henrique Mandetta
A Declaração do deputado estadual Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), realizada nesta quinta-feira (14) no Congresso Nacional, revoltou os petistas de Mato Grosso do Sul. Durante sessão da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, o parlamentar afirmou que os eleitores do PT seriam usuários de drogas.

"O cara começa na maconha, passa para cocaína, vai no crack e acaba votando no PT". Essa foi a afirmação de Luiz Henrique Mandetta. Na ocasião, a fala levou os integrantes da Comissão às gargalhadas. No fim, o deputado federal pediu desculpas aos presentes.

Porém, o pedido de desculpas do parlamentar não surtiu efeito em Mato Grosso do Sul. A afirmação gerou revolta dos petistas. De acordo com o deputado estadual Amarildo Cruz, do PT, a declaração de Mandetta foi 'desrespeitosa e sem moral'.

"A afirmativa dele é de quem não tem credibilidade. Só reforçou a importância que o PT passa para as pessoas mais humildes do País e do Estado. Ele não tem moral alguma e precisa responder os processos do Gisa antes de tentar falar mal de algo. A postura do deputado foi irresponsável e egoísta. Para nós, ele é um zero à esquerda", disse Amarildo.

O Gisa (Gerenciamento de Informações em Saúde) custou aos cofres públicos quase R$ 10 milhões entre recursos federais e municipais. Uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) apontou um prejuízo de cerca de R$ 6 milhões em pagamentos indevidos por serviços não executados. O contrato entre a Prefeitura e o Ministério da Saúde, referente ao Gisa, foi assinado ainda na gestão Nelsinho Trad (PMDB), quando o atual deputado federal Mandetta era o secretário de saúde.

Para o também petista Cabo Almi, a declaração de Mandetta foi algo inconsequente. Ele ainda afirmou que considera Luiz Henruique um 'louco'.  "A opinião dele não serve em nada para nós. Ele é um louco que quis difamar o partido e falando desta forma, só pode ser um louco da cabeça", ressaltou.

Postar um comentário