31 de mai de 2015

Senadora comunista desmente PIG

Foto Jefferson Rudy/Agência Senado
A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) citou entrevista de cinco economistas que apontam um cenário bem melhor do que o cenário "catastrófico"- que é mostrado atualmente aos brasileiros. 
A senadora observou que, ao alardear um cenário caótico para o país, o mercado e a mídia na verdade ajudam a produzi-lo, afastando investimentos.

Segundo Vanessa Grazziotin, os economistas citados acreditam que a saída para a crise, que não é apenas brasileira, mas mundial, não pode ficar restrita às medidas apontadas pela equipe econômica do governo, especialmente com o aumento da taxa de juros e a preocupação exagerada com a obtenção do superávit primário neste ano.

A senadora lembrou que própria presidente da República, Dilma Rousseff, chegou a reduzir a taxa de juros, mas a medida não foi bem recebida pelo mercado.

- Quando se deixa de queimar dinheiro com juros - que beneficiam o rentismo do país e o setor financeiro, que aplicam em títulos do governo, os bancos principalmente - se está abrindo espaço fiscal para as áreas de saúde, educação e segurança pública. O argumento de que não há dinheiro não é verdadeiro; o dinheiro existe, mas é queimado pagando juros desnecessário. Aliás, todo o esforço fiscal é para isso - disse a senadora.

Para um dos estudiosos, a economista Leda Paulani, relatou a senadora, é possível recuperar a economia sem redução do emprego e da renda dos trabalhadores. Mas para isso, o governo deve, por exemplo, deixar de lado a política de desonerações e se preocupar mais com os investimentos públicos.

Esse tipo de gasto é uma medida necessária, especialmente em setores de infraestrutura e habitação, pois têm efeito multiplicador, disse a senadora, citando trecho da entrevista da economista.

da Agência Senado)
Postar um comentário