29 de jun de 2015

Globais que falam mal do Brasil

Comentarista da TV Globo sempre finaliza seus comentários dizendo que o Brasil não é um país sério

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

O comentarista da TV Globo em Brasília, Alexandre Garcia, comumente termina seus comentários com um sonoro "isto não acontece em países sérios", acerca de matérias exibidas que, via de regra, são em sua maioria negativas.

Não foi diferente na edição do meio dia do DF/TV desta segunda-feira (29). Após a exibição da reportagem que mostrou 17 viaturas da Polícia Militar do DF, 0km, paradas no pátio de um batalhão da PM, aguardando a assinatura do contrato de manutenção para que possam ser utilizadas no patrulhamento, o comentarista repetiu a sua frase preferida.

A "seriedade" de um país é construída pela sua população, incluindo as autoridades eleitas por parte dessa população e pelo próprio Alexandre Garcia. Acho uma insanidade ver gente feito ele elegendo desonestos e depois ficam cacarejando mimimis de toda espécie.

O que não é sério é a emissora em que o Garcia trabalha ter na grade de seus noticiários 90% de notícias negativas sobre o Brasil, induzindo parte da população a acreditar que nada funciona no país. O que não é sério é o apresentador Faustão desrespeitar o Brasil dizendo que somos "o país da desesperança", em uma conversa com a atriz Marieta Severo. Felizmente a atriz rebateu a altura dizendo que  “Não, eu sou sempre otimista” e continuou dizendo que “Pra mim, tem uma coisa muito importante: a inclusão social, a luta contra a desigualdade. A gente teve muito isso nos últimos anos. Estamos numa crise, mas vamos sair dela”.

A atriz de 68 anos disse recentemente, em uma entrevista na própria emissora, que se sente chocada com o que classificou de retrocesso nas conquistas alcançadas pela sua geração. “Sou contra a redução da maioridade penal e contra muita coisa que está em evidência e que, para a minha geração, é chocante, eu sou da década de 1960, do feminismo, da liberdade sexual, das igualdades todas”, disse ela na entrevista e terminou dando uma alfinetada na bancada da Bíblia da Câmara dos Deputados afirmando que “Nada contra religião. Só não quero uma legislando a minha vida”.

A falta de seriedade e de isenção da Rede Globo e da maioria de seus jornalista, que se utilizam de uma concessão pública para fomentar mentiras e manipular notícias contra o governo, é vergonhoso e deveria receber o tratamento enérgico por parte do Palácio do Planalto.

Confira o cala a boca que a atriz deu no Faustão:


Para quem não assistiu o #CalaBocaFaustão ...dado no meio a cara desse escroto , pela Marieta Severo, ao vivo para todo o Brasil.....estamos dando mais uma chance
Posted by Compartilhe13 on Domingo, 28 de junho de 2015
Postar um comentário