30 de jul de 2015

Eu e meus sonhos


Eu e meus sonhos
(Eu preferia que o título fosse "bolero de Isabel", entretanto, Jessier Quirino saiu na frente)

Joaquim Dantas

Os sonhos são luzes perdidas
que toda tristeza desfaz.
As pontes de todas as vidas
são itinerantes demais.

A noite não é escura
por causa do brilho da lua,
mas meu sentimento transpira
por uma verdade tão crua.

O cheiro que o mar derrama
na boca da minha lembrança,
do mesmo jeito encontra,
Um certo sorriso que atiça.

Postar um comentário