6 de ago de 2015

Romário quer uma indenização de R$ 75 milhões da Veja

Romário pede uma indenização de R$ 75 milhões da Veja
foto divulgação
Após ser acusado de ter conta em banco suiço, Romário pede na justiça uma indenização de R$ 75 milhões da revista Veja por danos morais

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

O ex-jogador e hoje senador Romário, PSB/RJ, disse no plenário do Senado nesta quarta-feira (5), que está movendo uma ação na Justiça contra a revista Veja e os jornalistas que escreveram uma "reportagem" onde acusaram o senador de ter uma conta milionária na Suíça que não foi declarada ao Fisco brasileiro.

A revista publicou a foto de um recibo onde constava que o senador possuía mais de 2 milhões de Euros na suposta conta do banco BSI. Diante da matéria difamatória, Romário foi à Suíça para tirar o caso a limpo, onde obteve a confirmação de que o documento era falso.

A revista usa esta prática há muito tempo e responde a inúmeros processos na justiça por difamação e calúnia. Um desses processos foi movido pelo já falecido ex-ministro Luiz Gushiken, a quem a revista atribuiu possuir uma conta com 902 mil Euros. Após oito anos a revista foi condenada em segunda instância e o processo deverá continuar tramitando na justiça até chegar à instâncias superiores.

Romário é o presidente da CPI do futebol no Senado e as pesquisas apontam ele como como o nome preferido dos eleitores cariocas para a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Para o senador socialista, estar à frente nas pesquisas para a prefeitura do RJ e ser o presidente da CPI do futebol, mexe com o interesse de "pessoas poderosas, corruptas e safadas, passamos a sofrer intimidação e difamação, uma prática comum desse pessoal", afirmou Romário.

Postar um comentário