7 de out de 2015

Sindicalistas deixam secretário falando sozinho

Em mais uma reunião em que o governo diz que não vai pagar os reajustes salariais dos servidores, sindicalistas se retiram e deixam secretário falando sozinho

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

O governo Rollemberg está se notabilizando pela incompetência administrativa e uma das suas marcas é o desrespeito com o servidor público. Vários sindicalistas reuniram-se com o GDF na manhã desta terça-feira (6) para discutir o pagamento dos reajustes salariais dos servidores públicos, entretanto, como um disco arranhado o governo só repete que não vai pagar, porque não tem dinheiro, porque herdou um Estado quebrado e blá, blá, blá...

Tudo desculpa esfarrapada, dinheiro tem, não paga porque a valorização do servidor público não faz parte da política neoliberal em que o PSB, partido do governador do DF, tão bem identificou-se e empenha-se tanto em sua aplicação.

O GDF, irresponsável mente, joga no colo do trabalhador uma conta que o governo tem a responsabilidade de pagar. O reajuste concedido as 32 categorias do GDF, foi suspenso porque o governo alega ser inconstitucional, por ter sido concedido sem que a devida previsão orçamentária tivesse sido feita.

Durante a reunião o governo se posicionou com a mesma ladainha da vitimização e do pires na mão, o que obrigou os sindicalistas a retirarem-se da sala, deixando o secretário falando sozinho. Confira:
Postar um comentário