27 de dez de 2015

Homem estava se masturbando na poltrona do avião durante voo

Engenheiro tem esposa no Recife e estava
vindo para a capital pernambucana
Foto: Polícia Federal / Divulgação
Engenheiro civil é detido no Aeroporto do Recife por prática de ato obsceno
Um engenheiro civil de 29 anos foi detido na tarde desse sábado (26) por prática de ato obsceno após desembarcar no Aeroporto Internacional dos Guararapes-Gilberto Freyre, no Recife. De acordo com a Polícia Federal, durante o voo, o homem estava com o pênis fora da bermuda fazendo movimentos de masturbação. Uma advogada de 39 anos, que estava sentada na poltrona ao lado, percebeu o ato. O engenheiro, natural da Bahia, tem esposa no Recife e estava vindo para a capital pernambucana passar as festividades de fim de ano com a família.

Indignada com a situação, a advogada procurou o comissário de bordo, que a orientou a fazer um boletim de ocorrência na Polícia Federal assim que o avião pousar. Ainda conforme a corporação, o suspeito foi detido e encaminhado para a Delegacia de Imigração, para prestar esclarecimentos. 

Em seu depoimento, o engenheiro afirmou que fica muito ansioso e com medo da decolagem do avião e, por isso, procurou uma forma de se distrair. Ele disse ainda que não sofre nenhum problema psiquiátrico, mas não soube explicar porque não procurou o banheiro para praticar tal ato.

A Polícia Federal afirmou ainda que, o engenheiro civil foi autuado através de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ato obsceno. Se condenado, ele pode pegar de 3 meses a 1 ano, além de multa. Após assinar um termo de compromisso de comparecimento à audiência na Justiça onde deverá responder pelo crime, ele foi liberado.

fonte jconline.ne10.uol.com.br/
Postar um comentário