13 de jun de 2016

Conheça os benefícios da mandioca para a saúde

A mandioca é uma ótima fonte de energia para antes do treino.
A Manihot esculenta (nome científico) apresenta uma grande concentração de fibras, vitaminas e outros nutrientes, responsáveis pelo fortalecimento e proteção do organismo contra doenças
Base para vários tipos de dietas e incontáveis pratos de comida, a mandioca é uma das fontes mais ricas de hidratos de carbono (reconhecidamente, a terceira maior do mundo).

Adaptada a climas tropicais e temperaturas mais quentes, tem seu cultivo concentrado na África, Ásia e América do Sul. Conhecida como uma excelente fonte de carboidratos, na mandioca – também conhecida como aipim e macaxeira – se concentra grande quantidade de vitaminas, cobre, magnésio e manganês.

Ao contrário do que muita gente pensa, a mandioca não é um legume ou verdura, mas sim um tubérculo (isto é, uma raiz de casca rugosa), assim como a batata, a beterraba e outros alimentos. Um dos principais benefícios do alimento, que o torna presente na mesa de almoço, é o fato de que a dieta de mandioca é uma das mais eficientes para pessoas que procuram por receitas de emagrecimento e é uma ótima fonte de energia para períodos pré-treinos.

Muito mais do que um simples ingrediente que compõe diversas receitas culinárias, este tubérculo é também responsável por gerar grandes consequências positivas a saúde. Para descobrir tudo aquilo que o seu corpo pode ganhar em sua alimentação, conheça abaixo alguns dos principais benefícios da mandioca para a saúde:

- Fortalecimento do sistema imunológico
- Redução da frequência de enxaqueca
- Auxílio o combate ao estresse
- Ajuda na manutenção da saúde da pele e dos cabelos
- Auxílio no tratamento de doenças cardiovasculares
- Proteção contra doenças cardíacas
- Retardamento do envelhecimento do organismo
- Proteção contra a osteoporose
- Regulamentação dos movimentos intestinais
- Redução dos riscos de diabetes Tipo 2 (mellitus não-insulino-dependente)
- Alívio da Hipertensão (Alta Pressão Sanguínea)
- Proteção contra o Alzheimer
- Alívio da Tensão Pré-Menstrual (TPM)
- Prevenção de crises de epilepsia
- Prevenção de Alopecia (calvície) não-genética

fonte pensamentoverde.com.br
Postar um comentário