16 de jan de 2017

CNTE tem nova diretoria

O terceiro dia do 33º Congresso Nacional da CNTE foi marcado pela eleição da nova diretoria da entidade. Mais de 2 mil delegadas e delegados credenciados foram às urnas eletrônicas optar por uma das três chapas que se apresentaram à disputa.

Por Juliana Maciel em Sinprodf.org.br

Com 86,85% dos votos, a chapa 30, Resistência e Luta, foi declarada vitoriosa após cinco horas de votação. Quatro professores do DF integrarão a nova direção da CNTE: Rosilene Corrêa, Antônio Lisboa, Berenice Darc e Gabriel Magno. Para Rosilene, a unidade da categoria é tarefa prioritária para o próximo triênio: “O golpe é contra o povo, os ataques aos nossos direitos e à soberania nacional tendem a se aprofundar”, ela avalia. “Para reagir à altura, precisamos que as entidades da classe trabalhadora estejam fortes, profundamente enraizadas na base e com uma plataforma de ação unitária”.
  
Antes da eleição, a plenária final aprovou resoluções políticas sobre conjuntura nacional, internacional e política sindical (que em breve estarão disponíveis no site da CNTE). A posse da diretoria recém-eleita está prevista para este domingo, ao término da plenária final, que votará as resoluções de política educacional, balanço, políticas permanentes, plano de lutas e estatuto; além das moções.
Postar um comentário