21 de jan de 2017

Mercado macabro celebra morte de Teori

É simplesmente inacreditável que o mercado financeiro veja como positiva a morte de Teori Zavascki. 
A explicação, dada pela jornalista da Globo, assusta pela completa falta de humanismo diante de um acidente trágico.

Segundo a justificativa "fria", os analistas do mercado veem como positiva a morte dado que daria tempo para o governo se preparar para lidar com as denúncias de corrupção, ao passo que criaria melhor ambiente no Congresso para emplacar medidas, tais como a reforma da previdência. Só vendo para acreditar. Observem a partir de 1 minuto e 20 segundos. A jornalista chega a embargar a voz ao ter que explicar o injustificável. 

Para além da indecência moral de se comemorar a morte de alguém, o que se vê é uma postura complacente com a corrupção. A demora no julgamento dos envolvidos na Lava Jato ajuda politicamente o governo. Escárnio é pouco! 

Cabe chamar a atenção também ao fato de que os graves problemas do país são explicados pela subserviência das políticas econômicas ao mercado financeiro. 45% dos recursos da União têm por destino o pagamento da dívida pública, que enriquece investidores às custas da manutenção da precariedade social. Vejam: aqueles que exigem reforma da previdência, o congelamento dos gastos sociais pelos próximos vinte anos, corte nos direitos trabalhistas são os mesmos que comemoram hoje a morte de Teori Zavascki.


fonte #MandatoIvanValente   
Postar um comentário