31 de mar de 2015

DENÚNCIA: GDF paralisa 106 ônibus escolares

foto You Tube
Denúncia de deputado afirma que o GDF paralisou 106 ônibus escolares

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho
Com a colaboração de Jairo Mendonça

O deputado distrital Chico Vigilante (PT), divulgou um vídeo em que denúncia que o Governo do Distrito Federal, GDF, através da Secretaria de Estado da Educação, SEDF, rompeu o contrato com a Companhia de Transportes de Brasília, CTB, para fazer o transporte escolar na Rede Pública de Ensino.

Os ônibus pertencem ao GDF mas estão parados na garagem da companhia de transporte estatal. Os veículos foram adquiridos por meio de convênio com o Fundo Nacional para do Desenvolvimento da Educação, FNDE, e estão quitados. Segundo o deputado a SEDF terceirizou o serviço e lança dúvidas sobre a qualidade dos ônibus utilizados pela empresa. O contrato com a TCB vigorou até dezembro de 2014.

Essa atitude da SEDF é de uma irresponsabilidade tremenda, inclusive do ponto de vista financeiro, visto que o Governo Federal subsidia as despesas com a manutenção dos veículos, sem falar que o serviço prestado pela TCB contava com motoristas e monitores qualificados, inclusive, para lidar com crianças com necessidades especiais.

Mais uma vez o governador demonstra a falta de compromisso não só com os trabalhadores e a população em geral, agora ele demonstra o seu desprexo pelas crianças que necessitam de um transporte escolar de qualidade.

O telejornal da Rede Globo, DFTV, fez uma reportagem no dia 24 de fevereiro deste ano em que denunciou o fato, a reportagem diz ainda que o GDF alugou 500 ônibus de uma empresa particular para fazer o transporte dos alunos.

Fica lançada a pergunta para quem quiser responder, inclusive o governador:
Qual será o motivo que levou o GDF a romper um contrato que utilizava ônibus novos e adaptados para crianças com necessidades especiais, motoristas e monitores treinados e subsidio federal para manutenção dos veículos e contratar uma empresa particular, pagando o serviço com dinheiro público?

Confira a denúncia do deputado:

Postar um comentário