31 de mar de 2015

Empresa europeia encomenda 17 aviões da Embraer

E-Jets, da Embraer, estão em operação desde 2004 e
atualmente são usados por 65 companhias de 45 países
Valor estimado do contrato é de US$ 764 milhões, mas pode chegar a US$ 1,5 bilhão se for confirmado pedido de outras 17 aeronaves
A Embraer anunciou nessa segunda-feira (30) ter recebido um “pedido firme da KLM Cityhopper”, subsidiária regional da KLM, para o fornecimento de 17 aviões com valor estimado de US$ 764 milhões. Segundo a empresa, serão 15 jatos E175 e dois E190.

“O pedido firme será incluído na carteira de pedidos do primeiro trimestre de 2015”, informou a empresa por meio de nota. O contrato também inclui opções para outros 17 E-Jets adicionais para a própria KLM Cityhopper ou para a HOP!, subsidiária regional da Air France. A confirmação de venda destas 17 aeronaves adicionais elevaria o valor total do contrato a US$ 1,5 bilhão.

“A decisão da KLM Cityhopper de adquirir mais E-Jets é um grande endosso e a confirmação de que os E-Jets são os aviões mais eficientes, confortáveis e de menor custo operacional no segmento de 80 a 110 passageiros”, afirma Paulo Cesar Silva, presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.

A entrega do primeiro E190 está programada para ocorrer até o final do ano. Já o primeiro E175 vai se juntar à frota da KLM Cityhopper no primeiro semestre de 2016.

“A aquisição desses 17 jatos da Embraer e a opção para um pedido adicional de outros 17 no futuro representa um grande passo para a KLM, em termos de renovação da frota”, avalia Pieter Elbers, presidente e CEO da KLM. A empresa transporta sete milhões de passageiros por ano, de acordo com Boet Kreiken, diretor da KLM Cityhopper.

O E175 apresenta uma nova ponta de asa (wingtip) que, juntamente com outros aprimoramentos técnicos, melhora o desempenho aerodinâmico. O consumo de combustível em um voo normal é 6,4% menor do que o do E175 original. A redução fez com que o custo operacional do E175 seja comparável ao de turboélices de grande capacidade e apresenta novas oportunidades para o E175.

Desde que colocou a família de E-Jets em operação, em 2004, a Embraer recebeu mais de 1.560 pedidos firmes. Os aviões estão voando com 65 companhias aéreas de 45 países e mais de 1.100 E-Jets já foram entregues. Essa versátil família de jatos de 70 a 130 assentos voa atualmente com empresas aéreas tradicionais, bem como de baixo custo e regionais.

Sobre a KLM Cityhopper
A KLM Cityhopper opera cerca de 300 voos diários para a KLM. Esses voos servem cidades em toda a Europa, 54 das quais são essencialmente destinos de negócios. Todos os dias, cerca de 18 mil passageiros optam por voar com a KLM Cityhopper. A KLM Cityhopper foi recentemente classificado Companhia Aérea Regional do Ano de 2015 (Regional Airline of the Year 2015) por um painel internacional de juízes profissionais.

Fontes:Portal Planalto
Postar um comentário