17 de jun de 2015

CTB participa de marcha e vigília em frente ao Planalto

Centrais Sindicais fazem vigília em frente ao Palácio do Planalto contra o veto da presidenta Dilma à fórmula 85/95

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

As principais Centrais Sindicais do país reuniram cerca de 2.000 trabalhadores em frente à Catedral Metropolitana de Brasília, no início da noite desta terça-feira (16), para realizarem uma marcha em direção ao Palácio do Planalto seguida de uma vigília, que será encerrada às 10h desta quarta-feira (17), contra o veto presidencial ao Projeto de Lei que estabelece a fórmula 85/95.

O Projeto de Lei determina que o homem que tenha contribuído por 35 anos com o INSS, poderá aposentar-se aos 60 anos de idade e a mulher que tiver contribuído por 30 anos, poderá aposentar-se aos 55 anos de idade.

Para o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, CTB/DF, Aldemir Domício, esta é uma bandeira que a central defende e não abrirá mão dela porque, embora reconheça os avanços sociais conquistados nos governos Lula e Dilma, o trabalhador tem sido penalizado na hora da sua aposentaria, com perdas substanciais na sua remuneração.

Já o presidente da Central Única dos Trabalhadores, CUT, Vagner Freitas, antecipou que a entidade se posicionará contrariamente a um possível veto à fórmula 85/95, incluída pela Câmara durante a votação do ajuste fiscal e em tramitação no Senado. "A presidenta precisa fazer duas coisas importantes para ter o apoio que ela solicitou da área petista do movimento sindical. Vetar o PL 4.330 (projeto de lei da terceirização) e sancionar o 85/95 (que altera o fator previdenciário). Com essas duas medidas, ela vai ter nosso apoio irrestrito", afirmou em entrevista durante o congresso do PT em Salvador, na semana passada.

Postar um comentário