31 de ago de 2015

Imprensa do Gama amordaçada

Meios de comunicação do Gama fazem o jogo sujo e covarde da grande imprensa golpista do Brasil

Do Gama
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Não é de hoje que eu chamo a atenção da população para a falta de compromisso do Governo do Distrito Federal com a verdade, o que não é de se estranhar porque o governador Rodrigo Rollemberg abriu mão dos princípios socialistas que propunha inicialmente o seu partido, PSB.

O que causa estranheza é que jornalistas que se diziam comprometidos com o jornalismo sério se ajoelhem diante de um governo inerte e que, até agora, não disse à que veio. O GDF definitivamente adotou uma prática comum nos governos do PSDB, controlar os meios de comunicação seja com altos investimentos financeiros em propaganda institucional, seja nomeando jornalistas ou seus representantes em cargos comissionados.

A Administração Regional do Gama segue a mesma receita, incluindo em seus quadros de funcionários jornalistas que só publicam em seus veículos de comunicação o que o governo manda.  A mais recente foi a divulgação de uma pesquisa onde aponta que a população do Gama detém o maior índice de sensação de segurança, cerca de 70% da população.

Qualquer morador da cidade sabe que este resultado é, no mínimo, equivocado. Vivemos hoje com o medo constante de assaltos e roubos, principalmente durante a noite. Não sei a quem esta pesquisa pretende enganar, a menos que tenha sido realizada com os moradores dos condomínios que contam com grande aparato de segurança privada.

Outra denúncia da tentativa de manipular informação por parte da administração do Gama, acaba de chegar ao Blog do Arretadinho por parte do internauta Arthur Phillipi, no grupo Fórum Comunitário do Gama, no WatsApp.

Segundo Arthur "Outro dia um filho de um grande "jornal" do Gama e Santa Maria, ouviu um bronca porque a matéria destaque não tinha saído a gosto da Administração. Aí o rapaz, ingênuo, respondeu : porque não fala com meu pai? Resposta: "Eu coloquei você aqui pra isso ", escreveu ele.

Fatos como este, se for verdade, só serve para desvendar um perfil autoritário e antidemocrático da administração local. Aliados a essas ações do gestor público, está a mídia grosseira, interesseira, traidora e golpista. Os donos desses meios de comunicação perderam o senso jornalístico da imparcialidade e querem, a todo custo, defender o indefensável, um governo inerte e engessado. É vergonhoso como a mídia golpista divulga os fatos de maneira deturpada, eles simplesmente divulgam os acontecimentos de acordo com suas conveniências politicas.

A administração regional deveria sim, preocupar-se com situações reais, conforme demonstram as manchetes linkadas abaixo:

FALTA DE ENERGIA COMPROMETE ATENDIMENTO NO HRG

Postar um comentário