1 de set de 2015

Atitude é um gesto que define a situação

Atitude... Um único gesto que define a situação faz a hora e atravessa o tempo.

A empáfia da direita raivosa acabou em um segundo, nesta sexta feira, 28.08.2015., quando Emanuelle Thomaziello, com uma simples estiletada, esvaziou o pixuleco, dos coxinhas, dos Revoltados On Line.


A estudante Manu, líder de sua categoria deu o recado na justa medida e com um sorriso, lindo, nos lábios, deixou claro que estava consciente da força de seu gesto. Já não era sem tempo para alguém acabar com a farra e a escalada do ódio que afronta diuturnamente a democracia brasileira. A esquerda com vistas à questão do ‘politicamente correto’ tem se acabrunhado, não reagido aos insultos por mais de 12 anos e a direita, continuou a avançar de forma ignóbil, contra a esquerda, contra as instituições democráticas e, o que é o pior, contra o próprio Brasil.

Não! Emanuelle não iniciou a onda de agressões. Não, mesmo! Não é de hoje que pessoas estão sofrendo agressões nas ruas só por estarem com camisetas vermelhas, na presença de fascistas. Não é de hoje que esquerdistas são ameaçados nas redes sociais. Não é de hoje que reacionários adentram eventos de esquerda para afrontar. Manu deixou claro que não estamos acovardados.

Um gesto. Uma atitude. E um batalhão de fascistas foram postos de joelho, por uma jovem e linda mulher. Como se Dilma já não viesse fazendo a mesma coisa, de outra forma, há muito tempo.

Lidar com mulheres nunca foi o forte dos fascistas, porquanto machistas, chauvinistas, acreditam que mulher é simplesmente o sexo frágil, e como tal, deve se manter submissa e disponíveis aos seus caprichos. Até conseguem algumas, como as que tiram as roupas nas manifestações coxinhas. Tem gente para tudo, neste mundo!

No passado os fascistas levaram Dilma a pegar em armas para defender as liberdades democráticas, depois a puseram na cadeia e a torturaram. O tempo passou e Dilma deu a volta por cima e tornou-se a primeira mulher presidenta da república do Brasil.

Agora os fascistas estão diante de um grande dilema, de tanto bater, criaram outra mulher forte, para enfrenta-los pelo resto da vida, Emanuelle Thomaziello.

VIVAS a Manu!!!
Postar um comentário