23 de set de 2015

O médico, Levy e o cara de pau

Caos na saúde de Brasília faz médico sofrer colapso. Omissão do ministro Levy, Paulinho "cara de pau".

por Mirson Murad

Um médico, servidor do principal hospital público do Distrito Federal, com superlotação de pacientes sem atendimento mínimo pois falta tudo por lá, até mesmo profissionais de saúde, ao receber uma ambulância dos bombeiros com um acidentado em estado grave, não havendo qualquer possibilidade de socorro, sentindo - totalmente - impotente para salvá-lo, entrou em colapso.

Gritando, desesperadamente, o médico teve que ser socorrido por outro colega. Enquanto isso, Joaquim Roriz e Agnelo Queiróz, ex-governadores e responsáveis por toda a mazela que lá foi instalada, continuam livres, sem punição.

Esses saqueadores dos cofres do Distrito Federal, até hoje, estão impunes. Quando será? Quando será que Queiróz, o pau-mandado de Carlinhos Cachoeira) e Roriz irão para a cadeia? Essa é uma pergunta que não quer calar...

OMISSÃO DO MINISTRO LEVY
O ministro Levy, da Fazenda, declarou que não há outra saída, justificando o pacote fiscal que contém a famigerada CPMF. Há sim, excelência. E o senhor sabe disso.

Primeiramente, pare de favorecer os banqueiros (os maiores agiotas do Brasil) e taxe-os em 35% do lucro escrachante que auferem. Outras sugestões eu já dei e não é necessário repeti-las.

A CPMF é uma mão gigantesca no bolso da população que é repetida sobre a mesma importância, infinitamente. Isso, senhor ministro, é um crime hediondo!

O CARA DE PAU
Quando faz a barba sai serragem na cara de pau do Paulinho da Força. Na propaganda política obrigatória, na TV, do Partido Solidariedade, seu presidente e deputado federal Paulinho faz pronunciamento arrogando-se arauto da probidade, defensor implacável de uma política honesta, sem corrupção. Acusa veementemente, a presidenta Dilma e o PT de formarem uma quadrilha que assaltam os cofres públicos.

É muita cara de pau! O "nobre" deputado está atolado até o pescoço na lama da corrupção, acusado oficialmente pelo STF.

Por tantas falcatruas em que se envolveu, Paulinho da Força poderá ser preso e condenado. Aliás, só escapará por um "milagre" da toalhinha fedorenta do "apóstolo" Waldomiro.
Postar um comentário