6 de out de 2015

Manchete do Jornal Extra sobre fim do Farmácia Popular é mentirosa

No último dia 29, o jornal carioca Extra publicou reportagem dizendo que o governo vai cortar financiamento para programas como o Farmácia Popular. 
Bom, que alguns setores da mídia fazem propaganda contrária à presidenta Dilma, não é novidade pra ninguém. No jogo do vale-tudo catastrofista, o jornalismo de qualidade que fique pelo caminho.

O boato tomou tamanho nas redes sociais e, em um comentário em sua página no Facebook, o próprio Ministério da Saúde tratou de desmentir o malfeito. ” Ministério da Saúde esclarece que o Programa Farmácia Popular do Brasil segue funcionando regularmente, tendo garantido orçamento para este ano na ordem de R$ 2,8 bilhões.”

A origem do boato é a proposta de Lei Orçamentária Anual para 2016 (PLOA 2016) que foi enviada para o Congresso. O Ministério esclarece  que o Governo Federal não tem NENHUMA proposta no sentido de acabar com o Farmácia Popular. “Caso o orçamento seja aprovado da forma como foi encaminhado ao Congresso, SERÃO MANTIDOS OS 14 MEDICAMENTOS PARA TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO, DIABETES E ASMA, cuja oferta é gratuita ao cidadão. Esses produtos respondem por mais de 85% dos pacientes atendidos mensalmente pelo Programa.

Contra a mentira, nada melhor do que informação. Aproveite pra ler o texto do Tijolaço, que também desmente o boato do fim do Farmácia Popular.

fonte Muda Mais Congresso
Postar um comentário