26 de dez de 2015

O que devemos esperar de 2016?

Foto Joaquim Dantas
As listas são imensas, sejam elas escritas ou pensadas pela maioria da pessoas todo final de ano. Há quem deseje prosperidade, que permaneça bem de saúde ou que ela seja restabelecida, outros se agarram na esperança de encontrar um novo amor e assim por diante.

Do Gama
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Eu também desejo coisas assim, entretanto, tenho um desejo em particular. Eu gostaria que no ano que se aproxima tenhamos uma Administração do Gama mais eficiente e mais próxima da população, dialogando e, mais ainda, ouvindo as sua demandas

Eu gostaria de ver uma equipe que assessora a atual administradora trabalhando pela cidade e informando a população corretamente, ao invés de se portar sem nenhuma civilidade com os adversários políticos, como aconteceu na inauguração do novo terminal rodoviário do Gama recentemente, quando fui agredido covardemente pelas costas com um tapa, por uma das pessoas que estava no local junto a um grupo de apoiadores da administradora.

Honestamente eu gostaria muito de escrever elogios ao trabalho da administração, mas não encontro motivos. Para não dizer que sou oposição ferrenha, valeu à pena a revitalização dos brinquedos da Praça do Cine Itapuã, quando tive a oportunidade de constatar na última terça-feira (22), famílias sentadas sob a sombras das árvores fazendo piquenique, enquanto os pequenos se divertiam no escorregador e nos demais brinquedos.

Tirando este fato, o que vimos em 2015 foi a compra de quase uma tonelada de açúcar pela administração, a troca de meios-fio em vários locais da cidade enquanto ações mais importantes deixaram de ser realizadas. O mato alto está por todo canto e buracos foram tapados com uma espécie de farelo de asfalto, sem compactação, no dia em que o governador veio ao Gama inaugurar o novo terminal rodoviário.

Se os problemas são muitos, ainda nos resta a esperança, que é infinitamente maior.

Feliz 2016!

Postar um comentário