4 de fev de 2016

GDF atrapalhado não ata nem desata

Foto Joaquim Dantas
Foto Joaquim Dantas
Com o mimimi de sempre, a falta de recursos, GDF não compra remédios mas dá R$ 1 milhão para blocos no carnaval

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Desde que assumiu o governo do Distriro Federal, em janeiro de 2015, o governador Rodrigo Rollemberg não muda o discurso. Há mais de 1 ano afirmando que não tem recursos ele ameaça não entregar o Cartão Material Escolar este ano e nem tão pouco adquiriu remédios para o tratamento quimioterápico de doentes pobres diagnosticados com câncer, entre centenas de outras coisas que deixou de fazer pelo DF.

Mas o curioso é que o governo liberou quase R$ 1 milhão para os blocos de carnaval este ano, ou para ser mais exato, R$ R$940 mil.

Acontece que ele não fez bem nem uma coisa nem outra, não comprou remédios e dividiu esses recursos da seguinte forma:

  • R$780 mil foram liberados pela da Secretaria de Cultura e distribuídos entre trinta blocos, o que dá exatos R$ 26 mil para cada um. Quem trabalha com produção cultural sabe que esse valor é irrisório para blocos que desfilam mais de um dia e tem despesas com músicos, organização, divulgação, etc.
  • R$160 mil saiu de uma emenda parlamentar do deputado distrital Ivonildo de Lira, PHS, para a realização do carnaval na cidade de São Sebastião, que tem inúmeras outras prioridades, por se tratar de uma das cidades mais pobres do DF. Por outro lado, emendas parlamentares que beneficiem a população não tem previsão de serem liberadas.

As incoerências não param por aí, tem os casos do Corpo de Bombeiros e do Detran que gastaram quase R$ 2 milhões na compra de motocicletas Harley Davidson, que tem a manutenção mais cara do que a de outras marcas.

A Lei Orçamentária para o DF em 2016 previa a quantia de R$ 4,9 milhões para o carnaval de Brasília em 2016. A Lei foi aprovada pela Câmara Legislativa e sancionada pelo governador. Isso pode Arnaldo?

Com informações egnews
Postar um comentário