29 de jun de 2016

Sede do PCdoB/SC é arrombada em Florianópolis

Angela espera que o ato não tenha relação com a campanha de ódio e intolerância
A sede do diretório catarinense do Partido Comunista do Brasil, em Florianópolis, amanheceu arrombada nesta quarta-feira, 29. 


Quando os funcionários do partido chegaram para trabalhar foram surpreendidos ao constatar que a porta dos fundos tinha sido forçada e estava aberta. Passado o susto, eles verificaram que uma gaveta foi vasculhada. Computadores e impressoras não foram levados.

A presidenta estadual do PCdoB/SC, deputada federal Angela Albino, lamenta o ocorrido e classifica o arrombamento como uma agressão aos comunistas de Santa Catarina. 

“Estranhamos esse tipo de arrombamento, claramente forjado. Registramos um boletim de ocorrência na Central de Polícia e acreditamos que polícia fará seu trabalho”. 

Angela espera que o ato não tenha relação com a campanha de ódio e intolerância fermentada por líderes golpistas que tanto defendem o impeachment. 

“Infelizmente o país tem vivido nos últimos meses uma escala da intolerância, que tem resultado em agressões e vandalismo em todo o Brasil. Meses atrás outras sedes do PCdoB foram atacadas, hoje foi em Santa Catarina, amanhã onde será?”, contesta. 

Ataques pelo país
Somente neste ano, as sedes do PCdoB em Sergipe, Goiânia, Mato Grosso do Sul, São Paulo e a sede da UNE já foram alvo de ataques. 

Postar um comentário