11 de dez de 2016

Michel Temer é citado 43 vezes em delação da Odebrecht

Foto Joaquim Dantas/Arquivo
Outras pessoas da tropa de choque do presidente também foram mencionadas uma série de vezes, como Eliseu Padilha e Moreira Franco
O nome do presidente Michel Temer foi citado 43 vezes na delação premiada do ex-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho. O braço direito, do presidente o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, foi citado 45 vezes. Outro membro do núcleo duro do governo, o secretário de Parceria e Investimentos do Governo, Moreira Franco, foi citado 35 vezes.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, que cuidava da articulação do governo, teve o nome mencionado em 67 trechos da mesma delação. Ele pediu demissão recentemente após ser ligado a um escândalo de favorecimento envolvendo a compra de um apartamento em Salvador.

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Congresso, foi citado 105 vezes. Segundo as informações fornecidas, ele era considerado o “homem forte” da Odebrecht no Senado. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

do Portal Metrópoles
Postar um comentário