11 de abr de 2017

Dilma diz que governo Temer está fadado a autodestruição

Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Governo Temer vai “se autodestruir” com reformas, diz Dilma em universidade dos EUA

Da Folha: 

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta segunda-feira (10) que o governo do presidente Michel Temer (PMDB) vive uma “contradição” com seus projetos de reformas.

“Se eles não entregarem [as reformas], perdem o apoio de parte da mídia e do mercado. Se entregarem, se autodestroem perante a população”, afirmou a petista, em fala na Universidade Brown, em Rhode Island, nos Estados Unidos. “Vai ter eleição em 2018 e eu não conheço nenhum político que seja suicida”, completou.

A estudantes e professores da faculdade americana, Dilma criticou a PEC do teto de gastos, que estabelece um limite para os gastos públicos pelos próximos 20 anos e afirmou que seu impeachment teve como motivo “estancar a ‘sangria'” da Operação Lava Jato —referência a fala do senador Romero Jucá (PMDB-RR) revelada em gravação— e “implantar o neoliberalismo no Brasil”.

Dilma também afirmou que “não se pode destruir” as empresas e partidos envolvidos em escândalos de corrupção.

“Quem corrompeu e quem foi corrompido que pague, mas os partidos têm de sobreviver”, afirmou a ex-presidente, que defendeu uma Constituinte exclusiva para fazer reforma política e criticou a “despolitização” da sociedade.

Ela afirmou que a corrupção não é “um problema exclusivo da classe política”. “Não acho que tenha um bando de políticos corruptos e um bando de empresários santos e uma população mais santa ainda”, afirmou.

(…)
Postar um comentário