10 de abr de 2017

Lula: “O mundo precisa de paz, não de governantes arrogantes”

Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Em entrevista a rádio do Ceará, o ex-presidente criticou o ataque dos Estados Unidos à Síria
Em entrevista à rádio O Povo/CBN na manhã desta sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou o ataque dos Estados Unidos à Síria. O presidente Donald Trump ordenou que mísseis fossem lançados em direção ao país árabe na noite de ontem. Segundo o mandatário estadounidense, a ação foi uma retaliação ao ataque com armas químicas que atingiu civis sírios nesta semana. Os Estados Unidos acreditam que o governo de Bashar Al-Assad foi responsável pela liberação desse dispositivos.

Para Lula, o correto teria sido convocar a ONU e debater a questão com a comunidade internacional. O ex-presidente clamou por “equilíbrio” e aconselhou Trump a medir a consequência de suas palavras. Leia a fala de Lula:

"É preciso que a gente apure se a Síria usou armas químicas mesmo. A guerra do Iraque aconteceu porque os americanos afirmaram que o Saddam Hussein tinha armas químicas. Invadiram o Iraque, mataram o Saddam Hussein e até hoje não encontraram armas químicas. Não sei a que pretexto os americanos bombardearam a Síria. Parece que esse presidente é meio confuso. É preciso que um presidente de um país como os Estados Unidos tenha equilíbrio. Quando você for abrir a boca, precisa pensar nos resultados das suas palavras. O mundo está precisando de paz.

O mundo está numa crise econômica desde 2008 que até hoje não se conseguiu resolver. O desemprego ainda é grande no mundo inteiro. O comércio no mundo inteiro diminuiu. Era preciso que os dirigentes políticos tivessem tranquilidade para reordenar a economia, fazê-la crescer, fazer com que houvesse investimentos para fazer os países mais pobres a crescer. Já foram investidos mais de US$ 14 trilhões para tentar resolver a crise financeira de 2008 e até hoje ela não foi resolvida. Imagine se uma parte desse dinheiro tivesse sido investido para ajudar o desenvolvimento de países pobres na África, na América Latina, na Ásia.

Acho que foi irresponsabilidade do governo americano bombardear a Síria. O mundo não está precisando de bombardeio; o mundo está precisando de paz. O mundo está precisando de dirigentes que conversem, que dialoguem. Se tem um problema, convoque uma reunião extraordinária na ONU e faça com que o Conselho de Segurança decida o que vai acontecer. Sou contra qualquer ataque. Violência gera violência. O mundo não está precisando de governantes arrogantes.

O mundo precisa de governos que pensem no futuro da juventude, que pensem em um mundo melhor, sem guerras, em desenvolvimento, com mais educação, ambientalmente mais qualificado. Fico chateado ao ver que o presidente Trump mandou fazer um ataque. Acho que a paz vale alguns trilhões e a guerra não vale um tostão."

Assista à entrevista completa no player abaixo:



fonte lula.org.br
Postar um comentário