15 de abr de 2015

Flávio Dino defende investimentos no NE

Flávio Dino (ao centro) primeiro governador eleito pelo PCdoB
O governador comunista defende investimentos sociais no Nordeste

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

O governador eleito do Maranhão Flávio Dino, (PCdoB), defendeu nesta quarta-feira (15) que sejam feitos mais investimentos nas áreas sociais do Nordeste e que o assunto seja tratado como prioridade pelo governo federal. A defesa foi feita durante a reunião da Bancada do Nordeste no Congresso Nacional e mais oito governadores da região.

Dino defendeu também a manutenção da capacidade de crédito dos Estados e a taxação de grandes fortunas para financiamento exclusivo da Saúde Pública, desde que os valores das grandes fortunas sejam superiores a R$ 4 milhões.  “É inadmissível que a conta da crise econômica recaia sobre os mais pobres apenas. Nós governadores do Nordeste já tomamos posição quanto ao tema, que é imprescindível para a Saúde Pública na nossa região”, disse ele aos governadores e parlamentares do Nordeste em Brasília.

Para o governador subfinanciar a saúde no Brasil criou um problema que precisa ser resolvido com a máxima urgência, porque muitos estados e municípios não estão conseguindo atender as demandas  da área, agravando ainda mais os problemas. “Desde o governo passado que hospitais do Maranhão deixam de funcionar. Com a regulação deste imposto que aguarda 27 longos anos, vamos poder arrecadar cerca de R$ 17 bilhões em alíquotas moderadas e destinar para a Saúde”, defendeu.

O Partido Comunista do Brasil, ao longo de seus 93 anos de existência, já elegeu inúmeros deputados federais e estaduais, vereadores e prefeitos, entretanto, Flávio Dino é o primeiro governador eleito pela legenda comunista.

Após o debate, em que defenderam as pautas prioritárias para a região, os parlamentares e governadores nordestinos foram recebidos pelos presidentes do Senado e pelo presidente da Câmara, Renan Calheiros (PMDB/AL), e Eduardo Cunha (PMDB/RJ), respectivamente.
Postar um comentário