24 de jun de 2015

Mastigando-me - por Joaquim Dantas

Mastigando-me
Joaquim Dantas

As linhas da minha mão
não são azuis, nem retas.
Os traços do meu passado
são de momentos, com metas.

Caminho sempre em curvas,
sem saber se é bom ou ruim.
E mesmo em águas turvas,
navego feliz e fim.

Percursos são verdades
caminhadas por quem os faz.
Muitas vezes prioridades
mas nem sempre liberais...

Entenda-se (me)... siempre!
Postar um comentário