21 de jul de 2015

Como os portugueses batizavam os navios negreiros

Foto internet
Portugueses batizavam os navios negreiros com nomes bem diferentes da missão que cumpriam

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Segundo a universidade norte-americana de Emory, no estado de Atlanta, quase 8 milhões de homens, mulheres e crianças foram transportados em navios negreiros da África para o Brasil, entre os séculos XVI e XIX. 

De acordo com a universidade, cerca de 12 milhões de pessoas foram transportadas como escravos nas cerca de 35 mil viagens catalogadas da África para várias partes do mundo. A instituição calcula também que, só na travessia do Atlântico, morreram centenas de milhares de pessoas, que não restiram aos maus tratos, doenças e por falta de alimentação e água.

Um dos fatos revoltante nessa pesquisa, além da escravização dos africanos, que está disponível no site slavevoyages.org, foi verificar os nomes dados às embarcações com bandeira portuguesa, uma afronta à dignidade humana, o que não é de se espantar, em face da crueldade praticada com os africanos escravizados.

O primeiro nome que listo aqui é o "Amável Donzela", que operou de 1788 à 1806 no transporte de escravos. Este navio realizou 11 travessias entre a África e o Brasil transportando 3838 negros cativos, com um saldo de 298 cativos mortos durante as viagens.

Já o "Boa Intenção", que esteve em atividade de 1798 à 1802, transportou 845 escravos em 2 travessias realizadas, causando a morte de 76 pessoas por maus tratos.

O que mais me impressionou foram os dados do navio "Feliz Dias a Pobrezinhos", que fez uma única viagem em 1812. Subiram à bordo 355 negros e negras escravizados e, pasmem, 120 deles morreram durante a viagem.

Confira mais alguns nomes:

"Brinquedo dos Meninos" (1800 a 1826)
Travessias realizadas: 11
Escravos transportados: 3.179
Escravos mortos durante as viagens: 220

"Caridade" (1799 a 1836); houve quatro diferentes embarcações com esse nome
Travessias realizadas: 20
Escravos transportados: 6.263
Escravos mortos durante as viagens: 392

"Feliz Destino" (1818 a 1821)
Travessias realizadas: 3
Escravos transportados: 1.139
Escravos mortos durante as viagens: 104

"Graciosa Vingativa" (1840 a 1845)
Travessias realizadas: 10
Escravos transportados:1.257
Escravos mortos durante as viagens: 125

"Regeneradora" (1823 a 1825); houve três embarcações com esse nome 
Travessias realizadas: 7
Escravos transportados: 1.959
Escravos mortos durante as viagens: 159
Postar um comentário