19 de jul de 2015

Você sabe qual é a origem da palavra “gay”?

Você já se perguntou de onde surgiu o termo “gay” para se referir a homossexuais? Ao que tudo indica, a palavra “gay” é de origem inglesa e deriva do verbete francês “gai” que, por sua vez, parece ter vindo de uma palavra alemã, ainda que isso não seja comprovado. 
O significado do vocábulo originalmente era “alegre”.

Como linguagem é sempre mutável, com o passar do tempo essa palavra começou a ser utilizada de outras formas. Por volta do século XVII, “gay” começou a ser um sinônimo de “imoralidade”. A definição do verbete no dicionário Oxford da época era “Viciado em prazeres e diversão. Muitas vezes, eufemisticamente: Da vida solta e imoral”.

Algum tempo depois, no século XIX, a palavra era usada para se referir a prostitutas e, quando se referia a homens, indicava alguém que já tinha feito sexo com muitas mulheres – olha só que curioso. Na mesma época, “gay” era sinônimo também para “fazer sexo”.
O interessante é que, mesmo com tantos novos significados pejorativos, a palavra ainda era usada também com o significado “alegre”, então vale frisar que “gay” não representava apenas prostitutas e homens “promíscuos”.

Já entre 1920 e 1930 a palavra passou a ser utilizada de forma ainda mais distinta e, quando alguém dizia que um homem era gay, não estava querendo dizer que ele fazia sexo com muitas mulheres, mas sim que ele tinha relações sexuais com outros homens.

Em 1955 a palavra já era utilizada apenas para se referir a homossexuais homens. A ideia era justamente deixar de usar o termo “homossexual” com tanta frequência – muitos homens gays achavam e ainda acham que esse é um jeito muito clínico e formal de falar sobre um comportamento absolutamente normal, que acontece em todas as espécies do reino animal, desde que o mundo é mundo.

O que você talvez não imagine é que a própria comunidade gay parece ter interferido nessa mudança de significados, afinal homossexuais já se referiam a si mesmos como gays nos anos de 1920. Nessa época, mulheres homossexuais eram chamadas apenas de “lésbicas”, não de “gays”, como é mais comum hoje em dia. Antigamente, dizer que uma mulher era gay era o mesmo que afirmar que ela era prostituta.

O fato é que dos anos de 1950 para cá a palavra “gay” vem sendo utilizada para definir principalmente homens homossexuais. Por isso, quando a ideia é falar a respeito de mais de um gênero, para não correr o risco de deixar alguém de fora, vale usar os termos “lésbica”, “transgênero” e por aí vai.

do Megacurioso
Postar um comentário