5 de ago de 2015

Jovens de extrema direita abordam deputados na Câmara

Os jovens tentaram me intimidar no momento em que eu fotografava eles
Um grupo de jovens abordaram parlamentares no Anexo II da Câmara dos Deputados pedindo "fora Dilma"

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Uma dúzia de jovens de extrema direita passaram boa parte da tarde e noite desta terça-feira (4) abordando parlamentares no Anexo II da Câmara dos Deputados pedindo apoio para um possível pedido de Impeachment da presidenta Dilma.

Usando camisas com frases do tipo "fora Dilma" e "sou mais Brasil", os jovens perguntavam aos deputados se eles apoiavam a saída imediata da presidenta. Quando recebiam um não como resposta gritavam em coro "corrupto, corrupto!"; Eles cercavam os parlamentares e sacavam os aparelhos de celular em modo filmagem para gravar a respostas.

O curioso é que, durante todo o tempo em que eu acompanhei a manifestação, vários agentes do Departamento de Polícia da Câmara, Depol, só se aproximavam dos parlamentares de oposição, simulando uma ação de proteção, entretanto, quando os deputados do Partido dos Trabalhadores, PT, eram cercados pelos jovens, os agentes do Depol não se aproximavam.

Em um dado momento, parte dos jovens dirigiu-se à uma lanchonete no mesmo prédio e eu acompanhei o grupo como quem tinha a intenção de também fazer um lanche. Os rapazes se comportaram todo o tempo com uma postura agressiva e intimidatória com as pessoas que olhavam para eles e enquanto estiveram no local citaram por três vezes os nomes do líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, SP, e do senador Ronaldo Caiado, DEM/GO, como os patrocinadores do ato.

Embora os jovens fizessem as perguntas de forma visivelmente agressiva, eles demonstravam ser muito articulados e de estarem muito bem atualizados como a cena política brasileira.

Postar um comentário