7 de ago de 2015

PM usa de truculência para prender taxista no DF

Imagem do You Tube
Policiais usam de truculência para prender taxista na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília

De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

A manhã desta quinta-feira (6) foi bastante agitada na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. Policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal, PMDF, foram muito truculentos ao efetuar a prisão de um taxista.

Segundo informações de populares, os policiais estavam organizando o trânsito no local, devido a presença de um número superior de táxis às sete vagas existentes no local. Os PMs começaram a notificar os veículos que estavam estacionados fora das vagas destinadas aos táxis.

O motorista preso questionou o motivo da notificação e recebeu voz de prisão de um sargento que participava da operação. Imediatamente um soldado aplicou um golpe popularmente conhecido como mata-leão no taxista, chegando a levar o rapaz ao chão.

Os policiais alegaram que prenderam o homem por desacato e desobediência e o comando da PM disse em nota que os policiais agiram de forma correta e “com uso progressivo da força”.

Não é novidade para ninguém como a Polícia Militar utiliza de uso desproporcional de força na maioria das ações em que participa e que a maioria dos policiais não admite qualquer tipo de questionamento, o que pode ser motivo para a prisão de quem o faz.

É preciso que a sociedade discuta em todos os fóruns a importância da desmilitarização da Polícia Militar. Só no Rio de Janeiro a PM matou mais de 8 mil pessoas entre 2005 e 2014, segundo pesquisa da Anistia Internacional.

Confira:

Postar um comentário