6 de mar de 2016

Funcionários de supermercado trocam rótulos de produtos vencidos por novos

Funcionários do Oba Hortifruti fazendo a troca de rótulos dos produtos
De acordo com a cliente que presenciou a cena no Oba Hortifruti, de Águas Claras/DF, os funcionários afirmaram que é uma prática comum nos mercados
Ao fazer compras um supermercado, em Águas Claras/DF, Ranyelle Andrade presenciou uma cena inesperada na manhã desta quarta-feira (24/2). Funcionários do Oba Hortifruti estavam trocando rótulos dos sucos e saladas de frutas feitos na terça-feira (23/2) por outros com datas de fabricação e validade diferentes -- os produtos deveriam ser consumidos no mesmo dia que foram feitos. “Tenho percebido que o suco tem caído de qualidade há um tempo. Cheguei no mercado e perguntei se o suco era de hoje. O funcionário falou que era de ontem à noite. Na hora, nem me toquei, mas depois que percebi não fazia sentido”, diz a jornalista.

“De acordo com os funcionários do local, a prática é comum, não tem nada de absurda e conta com aval do gerente”, diz o relato de Ranyelle em seu perfil do Facebook. “Vender produto vencido e enganar o consumidor cobrando R$ 10 por 1 litro de suco de laranja, com pretexto de ele ser feito na hora é supernormal. Sendo assim, acho que eles não vão se importar se eu postar aqui”, acrescenta inconformada com a situação. Outros clientes compartilharam situações parecidas na postagem do Facebook, afirmando que já compraram no local até sushi fora do prazo de validade.

Em nota, o Oba Hortifruti diz que “preza pelo bem estar dos seus clientes e pela qualidade de seus produtos". "Não é prática da empresa o reaproveitamento de produtos. Vamos averiguar o episódio ocorrido na loja de Águas Claras e desde já pedimos desculpas pelo ocorrido.” A empresa alegou ainda não ter recebido nenhuma outra reclamação e que estão dispostos a aceitar críticas e sugestões da clientela. A assessoria de comunicação do Oba viu a publicação de Ranyelle e entrou em contato com ela. De acordo com a cliente, a empresa prometeu um novo contato, mas até o fim do dia, ela não teve retorno.

Fonte Correio Braziliense
Postar um comentário