2 de mar de 2016

PM de Alckmim agride estudantes novamente

Foto de Lucas Martins, dos Jornalistas Livres
Estudantes secundaristas foram agredidos e expulsos de maneira truculenta pela PM da galeria da Assembleia Legislativa de São Paulo na tarde desta terça (1). 
Eles estavam na galeria para exigir a instalação de uma CPI da Merenda. Foram agredidos pelos PMs a pedido do deputado Coronel Telhada, que incitou os policiais enquanto discursava. Telhada é aliado de Alckmin e um dos líderes da direita neofascista no Estado -defende (e pratica) que bandido bom é bandido morto, ameaça jornalistas e jovens e diz se orgulhar do massacre da PM nas periferias das grandes cidades de de São Paulo. 

Dois dos jovens agredidos, Renata Letícia e Douglas, foram enviado para o 36º DP para assinar BO de resistência à prisão! Na São Paulo de Alckmin e Capez (o presidente da Assembleia protagonista do escândalo da merenda) e de Telhada, as vítimas viram réus!

‪#‎CadeMinhaMerenda‬

Fonte Jornalistas Livres
Postar um comentário