1 de jul de 2016

Lula diz que bomba não impedirá luta por justiça social

Foto Joaquim Dantas/Arquivo
Em nota Lula diz que "nenhuma bomba, pé-de-cabra ou agressão vai tirar nossa determinação de lutar por um Brasil mais justo para todos"
De Brasília
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

Em face ao atentado a bomba à sede do Partido dos Trabalhadores, PT, ocorrido na última quinta-feira (30/06), no centro da cidade de São Paulo, o ex-presidente Lula disse em nota que "não podemos admitir que as diferenças políticas se transformem em violência".

A polícia chegou a prender Emilson Chaves Silva, por quebrar as vidraças da sede com uma picareta, entretanto, foi solto após ser autuado por dano ao patrimônio público. Emilson voltou ao local posteriormente e jogou uma bomba caseira na portaria.

Confira a íntegra da nota de Lula:

Ultimamente, o Brasil tem assistido a muitas cenas de intolerância e ódio. Senti uma imensa tristeza ao receber a notícia do ataque à sede do Partido dos Trabalhadores em São Paulo. Não podemos admitir que as diferenças políticas se transformem em violência.

Transmito minha solidariedade ao presidente do nosso partido, Rui Falcão, e a todos os funcionários e militantes. Nenhuma bomba, pé-de-cabra ou agressão vai tirar nossa determinação de lutar por um Brasil mais justo para todos.

Luiz Inácio Lula da Silva


Postar um comentário