14 de set de 2016

Quem se preocupa com a vida?

Do Gama Livre

Pediatria do HRG: Quem se preocupa com a vida? Governo sucateia, chefias intimidam e servidores reagem

Terça, 6 de setembro de 2016
Diz o SindSaúde que servidores do HRG sofrerem ameaças de seus coordenadores para que apagassem de seus perfis em redes sociais da internet as manifestações contra o fechamento da pediatria.  Se isto de fato ocorreu, caracteriza, possivelmente, um crime contra a liberdade de expressão.

Do SindSaúde
Governo sucateia, chefias intimidam e servidores reagem

Depois das denúncias feitas pelo SindSaúde na última sexta-feira (2) sobre o fechamento da pediatria e do pronto-socorro de pediatria do Hospital Regional do Gama (HRG) por falta de pediatras, os servidores são pressionados pelas chefias.

Segundo denúncias, os coordenadores e chefes obrigaram os trabalhadores a deletarem as manifestações contra o fechamento da pediatria de seus perfis nas mídias sociais.

A diretoria do SindSaúde vai, nesta terça-feira (6) até o Colégio de Líderes da Câmara Legislativa para reivindicar aos deputados que destinem suas emendas para a saúde, que sofre a tempos com o sucateamento programado por corruptos que passaram pelo poder, que não pensaram no futuro.

A saúde sofre com tudo. Desde as medicações básicas, a falta de UTI, falta atendimento para pacientes com câncer, corte de telefone nas unidades de saúde até a falta de combustível. Agora chegamos a ponto de fechar unidades de pediatria por falta de pediatra. Será que falta mesmo?

Representar e defender os direitos do povo, e fiscalizar o Executivo

Sabemos que esse é o papel da CLDF, por isso, nesse momento, é preciso diferenciar a necessidade dos pacientes e a crise política estabelecida em Brasília, porque esta pode durar muito tempo e os pacientes não podem ser penalizados. 

“As emendas precisam vir para a saúde. Só assim os deputados farão justiça com a população. O povo não pode ser penalizado. Agora é o momento dos deputados mostrarem a grandeza de cada um pra superar diferenças políticas entre os poderes. Uma coisa é você fazer política, outra é evitar que inocentes morram. Vamos defender essa destinação carimbada. E cabe aos órgãos de controle fiscalizar”, afirmou Marli Rodrigues Presidente do SindSaúde.

Os servidores da pediatria do HRG irão junto com a diretoria do SindSaúde para expor a situação que o hospital, que já foi amigo da criança está passando. “Não podemos deixar tirar das crianças o direito à assistência. Uma coisa é você ver no noticiário que paciente morreu por falta de condições de atendimento. Outra é você viver, acompanhar o paciente e vê-lo morrendo à míngua”, finalizou Marli.


Postar um comentário