22 de out de 2016

Hospital do Gama abandonado deixa a população em pânico

Por muito pouco, o jovem não fez parte das estastíticas de morte por falta de atendimento nos hospitai do DF.
Após ter sido submetido a cirurgia o jovem passa bem
Foto WattsApp
Hospital do Gama está com o pronto atendimento pediátrico fechado e a população está em pânico com crianças correndo risco de morte

Do Gama
Joaquim Dantas
Para o Blog do Arretadinho

A irresponsabilidade criminosa do governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg, PSB, com a Saúde Pública, parece n]ao ter limites. Como se não se bastassem a falta de profissionais de Saúde, a falta de material e de medicamentos básicos em toda rede hospitalar e nos postos de saúde, o governo resolveu fechar o pronto atendimento da pediatria do Hospital Regional do Gama.

Todos os os dias as cenas se repetem, pais e mães desesperados, com crianças de todas as idades, precisando de algum tipo de atendimento médico, mas se deparando com as portas fechadas da unidade de saúde.

Na última segunda-feira (17), um adolescente de 16 anos foi em busca de atendimento, acompanhado de sua mãe, com muitas dores abdominais.

Só por volta das 00h o rapaz conseguiu fazer um Raio-X, entretanto, teria que retornar na manhã do dia seguinte (18), para saber o resultado, pois a revelação do exame está sendo feita na cidade de Santa Maria. O jovem também não conseguiu fazer um hemograma, pois o hoospital não dispõe de reagente para a realização do exame.

Logo pela manhã do dia 18 a mãe retornou ao hospital com o filho sentindo fortes dores abdominais, mas sem conseguir atendimento pois o resultado do Raio-X ainda não havia chegado ao hospital.

Não por acaso, o Conselho Comunitário de Saúde e o Conselho Tutelar da cidade, realizavam um "abraço ao HRG" na manhã do dia 18, com o apoio da comunidade e do deputado distrital Chico Vigilante (PT).

Ao perceber o desespero da mão do paciente o deputado solicitou a conselheira tutelar Ana Maria que intervisse no caso, buscando uma solução imediato para resolver aquela situação.
A intervenção da conselheira tutelar Ana Maria, foi fundamental para o atendimento do adolescente
Foto do Facebook

Imediatamente a conselheira procurou o diretor do hospital e o questionou sobre o motivo daquele rapaz estar há 48h sentindo fortes dores e não ter sido atendido. Mas só após 1 hora e meia de conversa e de posse do resultado do Raio-X, o jovem conseguiu ser atendido por uma médica, que o levou imediatamente para o centro cirúrgico, pois foi diagnosticado com uma apendicite crônica e se não fosse submetido a uma cirurgia imediatamente, certamente iria a óbito.

O que esse governo está fazendo com a Saúde no DF é mais que irresponsabilidade, é crime! À partir do momento em que o gestor público se omite com a falta de profissionais, equipamentos e medicamentos, submete o paciente a um risco muito maior de morte.

O governador Rollemberg, com sua gestão neoliberal está, deliberadamente, promovendo o caos na Saúde Pública para justificar a implantação das Organizações Sociais, OSs, para administrar as unidades de Saúde do DF, sem levar em consideração o que está ocorrendo no Rio de Janeiro, onde centenas de pessoas estão morrendo pela péssima gestão dessas OSs, só não vê quem não quer!


Postar um comentário