26 de jun de 2017

Frio castiga o brasiliense

Shutterstock
Sensação térmica castiga brasilienses e pode chegar a 5º C
A combinação entre a velocidade do vento e a temperatura meteorológica interferem diretamente em como o corpo humano sente o frio. Os casacos pesados, gorros e luvas vistos aos montes pelas ruas da capital, especialmente nos extremos do dia, não deixam dúvidas de que o brasiliense está com muito frio. Pela previsão, a pele pode sentir frios 5º C na quinta-feira, já que as rajadas de vento devem chegar a 20 km/h e tornar os 11º C marcados no termômetro mais difíceis de encarar longe de um cobertor.

“A diferença entre o que marca o termômetro e o que o ser humano sente pode chegar a uma diferença de cinco graus, mas os índices estão dentro da média histórica”, explica o meteorologista Manoel Rangel. Nesta segunda-feira, por exemplo, os 13º C de mínima foram sentidos como se fossem 11º C, já que as rajadas de vento chegaram a 11km/h.

Por enquanto, as massas de ar seco inibem a formação das nuvens de chuva. Por isso, a umidade relativa do ar nesta semana deve variar entre 80% e 40%. No entanto, alguma chuva deve cair em julho, antes da seca mais rigorosa prevista para o mês de agosto.

do Jornal de Brasília
Postar um comentário