24 de jul de 2017

Lula: “Julgamento foi uma prestação de contas à Globo”

Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
Foto Joaquim Dantas/Blog do Arretadinho
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista nesta segunda-feira (24) à rádio Tiradentes, no Amazonas, e disse que o país precisa de tranquilidade para crescer e, principalmente, de um governo legítimo e democrático, eleito diretamente pelo povo.

Ao comentar a conjuntura política, Lula destacou que o impeachment contra a presidenta eleita Dilma Rousseff foi um processo “ilegal e imoral”. “Tem uma parte da elite brasileira que não sabe conviver com a democracia. A democracia existe para que o povo decida quando põe e quando tira, e não para que as pessoas usurpem como foi feito pelo Temer e os partidos que lhe dão sustentação”, enfatizou.

Sobre a condenação proferida pelo juiz Sergio Moro, da 13º Vara Federal de Curitiba, o ex-presidente destacou que “ninguém está acima da lei, mas um juiz também não pode estar acima dela”.

“O juiz tem que executar a lei ao pé da letra e isso é uma coisa que vou brigar pelo resto da vida”, enfatizou Lula. “Fui condenado num processo mentiroso. Na sentença, o juiz utiliza muito mais argumentos para me absolver do que para me condenar – e no fim me condena”, completou.

Para Lula, o julgamento “foi muito mais uma prestação de contas à imprensa, sobretudo à Globo”. 

Na entrevista, Lula foi questionado sobre os motivos do seu discurso ser tão duro contra as matérias veiculadas pela grande mídia e afirmou que “gostaria de não ser duro com ninguém, mas não posso ser muito afetuoso com quem me bate 24 horas por dia”, disse. “Quando te chamam de ladrão você não pode ser muito afetuoso.”

“Eles sabem que não vão me derrubar porque eu tenho aliado forte que é o povo trabalhador desse país. Então eu sou obrigado a me rebelar, a denunciar”, salientou.

E acrescentou: “Quando tento ser duro na minha defesa é porque no dia que você for chamado de ladrão, o dia que te acusarem de lavagem de dinheiro, o dia que teu neto chegar em casa perguntando se é verdade o que estão falando, você vai ser muito mais duro do que eu, vai ficar com muito mais raiva do que eu”, respondeu.

Do Portal Vermelho
Postar um comentário