15 de dez de 2015

O golpe é ruim para o nosso povo

Todos nós temos muitas críticas ao governo da Presidenta Dilma. Por não ter adotado e aplicado em seu governo as reivindicações dos movimentos populares.


Mas com ela no Governo teremos melhores condições de estabelecer diálogos, chance de reivindicar, negociar, e de corrigir erros e ter programas e projetos que ajudem a melhorar a vida do povo.

Os que estão planejando o Golpe contra a Presidenta sempre foram contra os camponeses, pequenos agricultores, sempre nos desprezaram, nunca olharam para nós, sempre nos deixaram na mão em momentos difíceis na agricultura.

Não podemos esperar nada que preste desta gente que trama o golpe.

O Que está Acontecendo

O cenário ficou mais claro.

Os Movimentos Sociais e aos Sindicatos se uniram para defender a legalidade democrática, contra o Golpe, contra o ajuste e por avanços nas políticas sociais.

Artistas, pensadores, professores, intelectuais, juristas, Igrejas, entidades da sociedade e todo um grande número de pessoas importantes e influentes vão nesta linha: defesa democracia, contra o Golpe e em defesa dos direitos sociais.

Muitos políticos democratas e progressistas, de muitos partidos, embora minoria estão contra o Golpe e querem recuperar a dignidade da política. MAS SÃO EM NÚMERO SUFICIENTE PARA BARRAR O GOLPE NO CONGRESSO.

Ao redor do Eduardo Cunha, corrupto e ditador, sem compromisso com o povo brasileiro, juntam-se bandos de oportunistas atrás de dinheiro, cargos e outras benesses. Estes querem o Golpe. MAS ESTES POLÍTICOS QUE ENVERGONHAM O POVO QUE VOTOU NELES E DEFENDEM O CURRUPTO CUNHA, SERÃO DERROTADOS.

O Golpe agarrou-se num pau podre, o CUNHA. Com dinheiro roubado tem contas na Suíça, 11 carros de luxo, gastos extravagantes de sua mulher com aulas de tênis nos Estados Unidos, milhões de reais em suas contas que ele diz não saber de onde veio e que fizeram para prejudicá-lo.

Este mesmo CUNHA sempre teve grandes apoios entre os políticos em Brasília, onde fez e desfez, apoiou projetos que prejudicam gente pobre: trabalhadores, estudantes, professores, pequenos agricultores, índios, negros, mulheres, jovens.

O jogo e os jogadores estão definidos:

De um lado, nós que defendemos a Legalidade Democrática e as possibilidades de termos melhores condições de lutar por um País Justo.

De outro os Golpistas e Entreguistas, o jogo baixo, as vantagens para alguns, a proteção dos corruptos, a entrega das riquezas do país para especuladores.

Estamos nesta luta não para salvar um mandato, mas para defender e aprofundar um projeto de Nação Justa, de dignidade para todos.

NOSSAS TAREFAS
Conversar, esclarecer, mostrar a verdade, desmascarar as mentiras, mostrar o que está em jogo no momento atual, convencer os que estão confusos, defender a democracia e os nossos direitos, envergonhar os que defendem o Golpe.

Não ao GOLPE, Fora Cunha, à Enganação e ao Preconceito.

Sim à DEMOCRACIA, Sim aos Direitos Sociais, à Reforma Política, ao Programa Camponês, à Reforma Agrária, à Petrobras Publica Estatal, à Saúde, Previdência e Educação.

DEFENDER NAS RUAS A DEMOCRACIA E OS DIREITOS SOCIAIS.
Postar um comentário