30 de jun de 2016

Sede nacional do PT volta a ser atacada em SP

ovo ataque fascista contra sede nacional do PT deixou entrada do prédio destruída
ARQUIVO PESSOAL/WHATSAPP
Em novo ato de intolerância política, sede nacional do PT volta a ser atacada
Vidros de entrada do prédio foram destruídos na madrugada de hoje (30), por volta de 1h15, a golpes de picareta. Autor foi detido e, depois de liberado, postou em redes sociais que vai repetir o atentado

por Redação RBA

São Paulo – A sede nacional do PT, no centro de São Paulo, foi atacada na madrugada de hoje (30) por um homem, que destruiu os vidros de entrada do prédio. Segundo a assessoria de imprensa do partido, por volta da 1h um segurança teve a atenção despertada ao ouvir um som de pancadas e viu o homem dando golpes de picareta contra a porta de vidro da sede. Ele foi preso em seguida por soldados da PM que passavam no local em uma viatura.

O autor do atentado foi levado ao 8º DP, onde foi identificado como Emilson Chaves da Silva, de 38 anos, sem ocupação definida. A delegacia registrou o Boletim de Ocorrência 4.572, por "dano a patrimônio" e liberou o autor do ataque em seguida. Ele responderá ao inquérito em liberdade.

Ouvido pela RBA, um investigador daquele DP, que se identificou apenas como França, disse que Emilson atacou a sede do partido porque "o PT está lhe perseguindo, fazendo mal ao país."

Em seu perfil na rede social Facebook, ele confirmou a autoria do atentado, que promete repetir: "Foi eu que ataquei o diretorio nacional do partido dos trabalhadores e vou atacar de novo....(sic)"
Postar um comentário