16 de nov de 2015

Flávio Dino abre concurso para professor no MA

Foto Joaquim Dantas
Flávio Dino
Foto Joaquim Dantas
Enquanto tucanos fecham escolas, Flávio Dino abre concurso para professor no MA
Governador do Maranhão mostra que governos progressistas e de esquerda valorizam o ensino público, diferente do modo tucano, que trata a educação como despesa e ameaça fechar mais de 90 escolas apenas em São Paulo

Enquanto os governos tucanos de Geraldo Alckmin em São Paulo e Beto Richa no Paraná ameaçam fechar escolas públicas, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), valoriza a educação ao abrir concurso público com 1.500 vagas para professores e remuneração de até R$ 5 mil.

O edital foi lançado na última sexta-feira (6) e as inscrições começam neste sábado (14). O certame faz parte do compromisso do governador com a melhoria do ensino público.

“O concurso público para professores é mais uma ação do governo Flávio Dino de valorização dos profissionais da educação, com vista na qualidade do ensino e da aprendizagem dos nossos estudantes maranhenses”, afirmou a secretária de Estado da Educação do Maranhão, Áurea Prazeres.

Além da quantidade de vagas, outra confirmação do compromisso do comunista Dino com a educação é o valor da remuneração de R$ 5 mil para jornada de 40h semanais, que colocará o Maranhão no patamar dos melhores salários pagos aos professores da rede de ensino público no Brasil.

Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estaduais e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma), Júlio Pinheiro, a abertura do concurso para professores é fruto de uma luta histórica dos profissionais da educação do estado, e agora atendida pelo governador Flávio Dino.

“O concurso atende a uma pauta importante do Sinproesemma, que entende como fundamental a diminuição da contratação temporária na rede estadual de ensino. Por outro lado, oportuniza a comunidade em geral o ingresso ao serviço público fortalecendo a educação no nosso estado”, relatou Julio.

“Todos os anos ficávamos sem saber se os contratos seriam renovados. Agora, com o concurso, além da segurança, temos o reconhecimento do governo do Maranhão. O estado terá uma das melhores remunerações do País, o que implicará na melhoria da educação”, ressaltou a professora de Sociologia e Filosofia, Rosenice Frazão, que atua como contratada no Sistema Estadual de Ensino há três anos.

Concurso – As inscrições para preenchimento de 1.500 vagas para o Cargo de Professor do Quadro Permanente da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc) seguem até o próximo dia 29 de novembro de 2015.

O concurso será organizado pela Fundação Sousândrade e será composta de duas fases. A primeira, será a prova objetiva e de múltipla escolha, que possui caráter eliminatório e classificatório. A segunda consistirá na prova de títulos, de caráter apenas classificatório.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações do “Portal Vermelho” e do “Governo do Maranhão”
Postar um comentário